Tempo de Leitura: 2 minutos

Bom dia gente linda! Hora de deixar o café um pouquinho de lado, esse cartoon com certeza vai te deixar mais alerta do que a cafeína hehe :p
Conhece esse cara aqui da foto? 

Cartoon-MAD
Para a galera mais old school , Alfred  E. Neuman é um cara bem polêmico, assim como seus criadores que investiram na ideia do desenho para adultos MAD, em 1952, que assim como a tradução do inglês sugere, realmente leva à loucura.
A Revista Mad, criada por  William Gaines e  Harvey Kurtzman(os caras faziam ilustrações bíblicas,  e livros de sci-fi e terror) , quando decidiram investir em uma revista que, literalmente, zoasse todas as outras da cultura pop, juntaram-se então, com outro colegas ilustradores e finalmente deram forma a marca da revista que era vendida na época por
$ 0,10 (dolar).
Com um humor irreverente, sarcásticos e hostil, a Mad consegui, através de trocadilhos e piadas inteligentes ganhar a atenção do público, ainda que sem anunciantes e sustendam-se praticamente das vendas nas bancas de jornais, ganhando muito mais força nos anos 80.
A Revista que sempre abordou qualquer tipo de tema sem tabu, como religião e política,  chegou a ser investigada algumas vezes pelo FBI, acusada de incentivar a delinquência.
Aqui no Brasil, a Mad chegou nos anos 70, adaptando-se à cultura dos brs e ganhou muitas imitações (claro né?) rs já que o sucesso foi imediato, hoje a revista é publicada pela editora Paninicapas_pacote_MAD
A Mad também ganhou adaptações, nós aqui do #pausaprocafé somos particularmente fãs da série,  ela passa no Canal Cartoon Network, e se você ainda não viu está perdendo o melhor do humor inteligente atual.
giphy
Você já leu a revista? Viu algum episódio na Tv?
O que achou?

Deixe seu comentário, isso nos ajuda a saber o que você mais gosta para produzir conteúdo cada vez melhores.

Beijos de café!
Não se esqueça de nos seguir nas  redes sociais, assim você fica por dentro de tudo que rola no mundo do entretenimento!

FACEBOOK ♦ TWITTER ♦ INSTAGRAM

One thought on “2 min read🔞 A polêmica Mad 🔞”

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *