Compartilhar é amor!

I think you will spend 295 seconds reading this post

O universo da literatura vem se unindo à sétima arte para trazer excelentes filmes ao mundo há décadas. De O Senhor dos Anéis, à Drácula, passando por Matilda, fomos presenteados com diversas obras cinematográficas incríveis graças a literatura. Porém, apesar da possibilidade de gêneros ser tão vasta nos livros quanto no cinema, se tem algo que as adaptações literárias têm a oferecer de bom são dramas profundos e bem desenvolvidos, de deixar qualquer um aos prantos.

O Ódio que Você Semeia está chegando ao Telecine e o filme é um drama profundo sobre um tema complexo, pertinente aos tempos em que vivemos e que o trata com a importância necessária, mas surpreendentemente se mantendo acessível.

AS VANTAGENS DE SER INVISÍVEL

Baseado no livro de Stephen Chbosky, As Vantagens de Ser Invisível causou impacto ao apresentar ao mundo Ezra Miller na pele do carismático Patrick, trazer Emma Watson em nova fase de sua carreira e sensibilizar a todos com a história do sensível Charlie (Logan Lerman). No longa, Charlie é um adolescente tímido que acaba de entrar no ensino médio, sofre com problemas psicológicos e acaba de perder o melhor amigo para um suicídio. Porém, ele logo é abraçado por um grupo de excluídos do último ano da escola, que o levam a festas e o fazem interagir com o mundo real.

Se a dificuldade de amadurecer em um mundo que não parece ter sido feito para nossos protagonistas, ou frases marcantes como “Nós aceitamos o amor que achamos merecer” não são o suficiente para te arrancar lágrimas, a descoberta final do trauma que Charlie sofreu com sua tia certamente é de partir o coração de qualquer um e a cena em que o protagonista se lembra ficará marcada para sempre na história do cinema.A CULPA É DAS ESTRELAS

A adaptação para o cinema do clássico teen instântaneo escrito por John Green, inspirado pela experiência do autor como voluntário em hospitais especializados em crianças com câncer e sua amizade com uma fã que faleceu aos 16 anos, A Culpa é das Estrelas é um filme essencial quando se fala de cinema que faz chorar.

Nele, Hazel (Shailene Woodley) é uma adolescente diagnosticada com câncer, lutando há anos para sobreviver com a ajuda de tratamentos experimentais e com um tanque de oxigênio sempre ao seu lado. Quando ela conhece Augustus (Ansel Elgort), um sobrevivente sem uma perna que sonha em deixar sua marca no mundo, no grupo de apoio que seus pais a obrigam a frequentar, os dois rapidamente se apaixonam. Tentando compreender seu lugar no universo, enquanto lidam com suas respectivas doenças, os dois decidem viajar para Amsterdam para conhecer o autor do livro favorito de Hazel.O ÓDIO QUE VOCÊ SEMEIA

The Hate U Give Little Infants F*ck Everybody, ou O Ódio que Você Semeia Entre as Crianças F*de Todo Mundo, é o significado por trás do movimento T.H.U.G.L.I.F.E., criado por Tupac, que junto com a mais recente onda de protestos em combate a violência policial contra negros do movimento Black Lives Matter, foi inspiração para Angie Thomas escrever o emocionante e extremamente necessário O Ódio que Você Semeia.

Na adaptação para as telonas, Starr (Amandla Stenberg) é uma adolescente que vive em constante estado de adaptação, precisando se comportar de uma maneira no bairro pobre e predominantemente negro em que ela vive e de outra no colégio de alta classe e maioria branca em que estuda. Quando, ao sair de uma festa, ela presencia o assassinato de Khalil (Algee Smith), seu melhor amigo de infância, por um policial, ela se torna a única testemunha do crime e se vê pressionada a usar sua voz em defesa do amigo e de sua comunidade.PRECIOSA – UMA HISTÓRIA DE ESPERANÇA

Baseado no livro de Sapphire, Preciosa – Uma História de Esperança é uma narrativa assustadoramente realista sobre abuso, pobreza e aqueles que o sistema falha em tomar conta, mas que também oferece alguma esperança. No filme, Claireece “Preciosa” Jones (Gabourey Sidibe) é uma menina de 16 anos, que vive no Harlem da década de 1980 com sua mãe, Mary (Mo’Nique), uma mulher que a abusa de forma física e psicológica todos os dias. Preciosa tem um filho portador de síndrome de down, que fica sob os cuidados de sua avó e é fruto dos estupros contínuos que ela sofre de seu pai desde a infância. Quando ela engravida pela segunda vez, ela acaba sendo transferida para uma escola alternativa, onde recebe a oportunidade de finalmente melhorar sua vida.SE A RUA BEALE FALASSE

James Baldwin é um dos autores negros mais importantes da história e Se a Rua Beale Falasse marca finalmente uma adaptação para o cinema de um de seus romances, pelas mãos do premiado diretor Barry Jenkins. Sendo uma figura tão importante no movimento dos direitos civis dos negros nos Estados Unidos, não é surpreendente que seu livro toque em temas como discriminação racial e violência policial.

No longa, Tish (Kiki Layne) é uma jovem mulher negra do Harlem cujo marido, Fonny (Stephan James) foi preso injustamente pelo estupro de uma mulher. Grávida de seu primeiro filho, ela precisa batalhar, junto com a ajuda de sua família e comunidade, para livrar o marido de uma acusação de conotação altamente racial para que ele possa presenciar o nascimento do bebê.

Compartilhar é amor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *