Compartilhar é amor!

I think you will spend 149 seconds reading this post

Ótima quinta amantes de grãos torrados! Chegou nossa quinta-feira, um dia lindo que antecede algo tão bom: a sexta-feira. Então prepara a xícara de café e nos acompanha nessa análise de crítica e resenha (com alguns spoilers) de…

#Um Olhar do Paraíso.

Com a direção de um dos maiores diretores da atualidade, responsável pelo sucesso de O Senhor do Anéis e o Hobbit

Sinopse: 

6 de dezembro de 1973. Norristown, Pensilvania, subúrbio da Filadélfia. Susie Salmon (Saoirse Ronan) está voltando para casa quando é abordada por George Harvey (Stanley Tucci), um vizinho que mora sozinho. George a convence a entrar em um retiro, por ele construído. Lá dentro, Susie é assassinada. Os pais de Susie, Jack (Mark Wahlberg) e Abigail (Rachel Weisz), inicialmente se recusam a acreditar na morte da filha, mas precisam aceitar a situação quando seu gorro é encontrado em meio a um milharal, junto a destroços do retiro que estão repletos de sangue. Em meio às investigações, a polícia conversa com George mas não o coloca entre os suspeitos. Com o tempo Jack e Lindsey (Rose McIver), a irmã de Susie, passam a desconfiar de George. Toda esta situação é observada por Susie, que agora está em um local entre o paraíso e o inferno. Lá ela precisa lidar com o sentimento de vingança que nutre em relação a George e a vontade de ajudar sua família a superar o trauma de sua morte.

#SPOILER

Já havia assistido esse filme há muito tempo, voltei a assistir esses dias, enquanto zapiava os canais na tv. E precisei vir aqui relatar as emoções que senti ao re-assistir. 

Susie está no limbo, a pobre menina no início é levada a acreditar nas maravilhas do lugar, mas aos poucos a dura realidade do quão cruel foi sua morte vai arrebatando sua alma. E entre a vontade de deixar a terra, a família e os amigos que ama, ela é surpreendida pela oportunidade de ir para o céu. 

Preciso destacar a interpretação dos dois, tanto de Stanley Tucci (George) que mostrou a flexibilidade de ser um psicopata tão bem que esquecemos dele em O Diabo Veste Prada. E da pequena Saoirse Ronan (Susie), sua dinâmica expressiva conduz o telespectador a criar identificação com a situação que a garota se encontra.

Minha nota de 0 a 10:  8.

Mas e você o que achou?

Deixe seu comentário, isso nos ajuda a saber o que você mais gosta para produzir conteúdo cada vez melhores.

Não se esqueça de nos seguir nas  redes sociais, assim você fica por dentro de tudo que rola no mundo do entretenimento!

FACEBOOK ♦ TWITTER ♦ INSTAGRAM

Nos compre um café: invista aqui.

Compartilhar é amor!

2 thoughts on “2 min readUm olhar do Paraíso I Quintas de Críticas e Resenhas”

    1. Querida Jéssica, tudo bem?
      Significado de Crítica
      substantivo feminino
      Análise avaliativa de alguma coisa; ação de julgar ou de criticar: submeteu o livro à crítica do professor.

      Pode ser negativa ou não, no meu entendimento é uma análise.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *